Notícias

Diego Hypolito revela que sofreu assédios de cunho sexual na infância quando treinava no Flamengo

Diego Hypolito revela que sofreu assédios de cunho sexual na infância quando treinava no Flamengo

access_time 1 ano ago

Segundo ele, as agressões eram constantes e que os treinadores sabiam

Postado por Ingrid Reis

Nesta segunda-feira (30/04), o medalhista olímpico Diego Hypolito, de 31 anos, revelou em uma reportagem do programa Jornal Nacional que sofreu bullying de cunho sexual quando era criança e treinava no Flamengo. Segundo ele, as agressões eram constantes e que os treinadores sabiam das humilhações.

Diego Hypolito conta que os atletas mais velhos e os técnicos forçavam os ginastas mais jovens a “pagar castigos”, como pegar uma pilha com o ânus. As agressões aconteciam inclusive durante os compeonatos. Em um dos casos quando tinha entre 10 e 11 anos ele sofreu um ataque epilético após ter sido submetido ao castigo de pegar o objeto.

“Não podia ajudar com a mão, você tinha de se agachar, pegar a pilha com o ânus e depois deixar dentro de um tênis, num buraquinho de um tênis. Se a pilha caísse fora, você tinha de voltar e fazer a prova de novo. Eu fiquei muito nervoso com a situação acontecendo, me deu desespero” afirmou Hypolito ao Globoesporte.com.

Outro castigo que foi submetido consistia em colocar o atleta em uma caixa de madeira e em seguida jogarem magnésio dentro, semelhante a um caixão. Diego relatou que por causa do que sofreu na infância, até hoje tem problemas em entrar em avião, elevador e em outros locais fechados.

O ginasta afirmou ainda que decidiu relatar as agressões após 40 atletas da gisnástica artística revelarem que foram vítimas de abusos físicos, morais ou sexuais por parte do ex-treinador Fernando de Carvalho Lopes.

Compartilhe essa notícia

Comentários